10 razões para não morar na Austrália

Mês passado escrevi sobre as razões para morar na Austrália, esse país incrível que me recebeu e a minha família e chamamos de casa. Porém, claro que há desvantagens e aqui listarei algumas delas. Quero deixar bem claro que esse é o meu ponto de vista e mesmo amando morar aqui, existem, digamos assim, desvantagens:

1. É longe pra caramba: se você é de São Paulo, é um voô para África do Sul de 10 horas e um para Perth de 11 horas, se você vem pela África (que é o caminho mais curto, mas não necessariamente o mais barato). Se você vem pelo Oriente Médio são 15-16 horas de voô até Dubai / Doha e mais 11 horas até Perth. E na conexão são pelo menos 5 horas de espera. Dá para vir pelo Chile ou pela Argentina também, ai são 3 horas até o Chile ou Argentina, mais 12-14h até Sydney ou Auckland e mais 5-7h horas até Perth. Estes são os voôs com 2 ou três escalas. Tem vôo que para em outros países e tem mais escalas ainda. Se você não mora em São Paulo, tem que pegar voô interno no Brasil pois costuma ser mais barato sair de SP (o Rio pode ser a unica excecao). E não é só longe do Brasil, é longe da Europa e dos EUA também se você morar aqui e quiser fazer turismo – pra qualquer um desses são no minimo mais 12-15 horas de voo, geralmente com escala. É perto da Ásia sim, ir pra Bali de Perth são menos de 4 horas de voo. Mas são 5 horas de Sydney. Morando do lado de lá (na East Cost – em Sydney, Melbourne our Brisbane) é mais fácil viajar dentro da Australia

1531393329_828e73073f_z

2. Clima: pode ser algo maravilhoso, mas algo que espanta bastante gente. O inverno é tranquilo até, tem regiões que são mais frias mas nada de outro mundo, mas o verão….. janeiro e fevereiro são os meses mais quentes e a temperatura varia de 36C a 42C com semana fazendo acima de 44C todos os dias. E com um detalhe: não chove no final da tarde, ou seja, se esta 40C às 4 da tarde estará 40C as 9 da noite… E fora a temperatura, a coisa mais assustadora, para mim, do verão é a incidência de raio UV (o que dá cancêr de pele). No Brasil, num dia MUITO quente no nordeste, o UV esta em 7. Aqui chega a 16 por quase todo o verão, e mesmo antes do verão faz 6 num dia normal. Isso porque o buraco na camada de ozônio é maior na Austrália. Nao é a toa que o maior índice de cancêr de pele é onde? Sim, aqui.

3. A língua: é um inglês não tão inglês por conta do sotaque das gírias. A colonização foi Britânica, então a gramática e grafia tem mais a ver com o inglês da Inglaterra e não dos EUA (se foi onde eu aprendi inglês). Várias palavras se escreve diferente na Inglaterra e nos EUA, e aqui usam a grafia britânica, por exemplo. Mas a pronúncia é bem diferente. Eu aprendi inglês em escola americana e morei nos Estados Unidos, então para mim água water) se pronuncia “uoter”. Não aqui. Aqui é “uatáh”. Assim como algumas palavras são diferentes. Nos EUA se fala “diapers” para fralda, aqui eh “nappy”. Grafia tambám é diferente, como eu comentei. Em inglês americano organização se escreve com z (organization) e aqui com s (organisation). Fora o sotaque dos australianos. Teatro nos EUA eh “Theater”, aqui eh “Theatre” No começo é muito difícil de entender e confesso que mesmo hoje, quase 6 anos depois, ainda tenho dificuldade em entender alguns aussies. Outra coisa: se abrevia tudo: não é breakfast, é brekky. Não é present, é pressy. Não é Christmas, é crissy. E como em qualquer país, cada estado tem seu sotaque. Quanto mais para o interior, mais difícil é.

4. A vida selvagem: escrevi um post inteiro em como é viver com a vida selvagem na Austrália. Aranhas venenosas nas grandes cidades (a “funnel web spider” que tem em Sydney e é a mais venenosa do mundo), no mar (um polvo que mede 2 cm e mata em 5 minutos, a “box jellyfish, uma agua viva que mata em minutos também, ou o grande tubarão branco, ou o peixe pedra), no ar (tem abelha venenosa aqui também. De cobras (a cobra marrom “King Brown”, tambem das mais venenosas do mundo) até tubarão, a sensação é que todo animal na Austrália esta tentando te matar.

15557728823_f399a603e0_z

5. Feriados ou a ausência de: Em 2017 foram 10 feriados aqui no meu Estado, WA. Como comparação, em São Paulo em 2017, foram 26 dias e meio (contando quarta feira de cinzas) de feriado, sem contra os que emendam. Um outro detalhe importante: aqui feriado não emenda. Se cai terça, é só terça que temos dia de folga. Porém, se o feriado cai domingo, passa para segunda, assim voce não perde os poucos que tem.

6. Mão inglesa: país de colonização inglêsa é assim, tudo do lado errado, como brincamos aqui. Não só para dirigir, para andar na rua, para estacionar o carro, para atravessar a rua, atá o lado da escada rolante no shopping.

7. Culinária: A Austrália é um país internacional e multicultural. Com tantos imigrantes de todo canto do mundo, não podia ser diferente. Tem comida e restaurantes para todos os gostos. Sim, isso é uma vantage. Porém a grande desvantagem é o que eles fazem com a pizza, e sendo paulista, descendente de italiano, não consigo me conformar: abacaxi na pizza, pizza com molho de churrasco, até frango tandoori (tempero indiano) tem. Um sacrilégio. E uma das comidas mais tradicionais australianas é o vegemite. Um troço super salgado que se passa no pão com manteiga.

59201939_f87b6e66f3_z

8. A água do mar: um país tão maravilhoso, com tanta praia incrível, mar por todos os lados e a água é fria. Fria não, congelante. Tão injusto. No meu post sobre o verão, expliquei um pouco mais sobre esse mar frio. Basicamente é assim, você esta na praia, esta 40C e ai você resolve entrar no mar para refrescar. Eu não gosto de água gelada, então só de molhar o pé já desisto, passou o calor.

9. É caro: e como é caro. É caro morar, é caro estudar, é caro viajar. Claro que os salários são mais altos que no Brasil, por exemplo, mas não tira o valor das coisas. No meu post sobre custo de vida explorei um pouco mais os preços. E Perth não é a cidade mais cara (chegou a ser ha uns anos atras), Sydney é.

10. As moscas: minha coisa que eu menos gosto da Austrália. As moscas. No verão elas estão em tudo que é canto. Elas são abusadas, entram no olho, na boca, e são muitas. Ja cheguei a contra 17 nas costas da camiseta do meu marido, em uma foto que tiramos ha uns 2 anos. Isso porque ele tava andando, nem parado estava…

DSCN0549

Mesmo com tantos pontos negativos, a Austrália é um país maravilhoso para morar, como já escrevi tantas vezes aqui no blog 🙂

Anúncios

9 comentários sobre “10 razões para não morar na Austrália

  1. Os biólogos discordariam de você quanto ao item 4…mas é fato também que a vida selvagem representa e muito a Austrália pelo mundo.É algo meio que cultural do país, embora muitas pessoas não gostem realmente.

    Curtir

  2. Creio que você tenha razão….a Austrália é isso mesmo! Eu estive em Gold Coast – Queensland em agosto de 2017 por duas semanas. Tive sorte pois moscas eu praticamente não vi…. mas com certeza teria medo de morar em uma casa com quintal na Autrália, tenho pavor de cobras! Obrigado pelas informações….Marcelo Melo, 58. Guarujá – São Paulo – Brasil

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s