Austrália: vindo para Austrália com filhos? O que você precisa saber

A razão de escrever esse blog é para ajudar pessoas, que como eu um dia, decidiram sair do Brasil e realizar o sonho de morar fora, mais especificamente, na Austrália. Eu moro aqui há quase 5 anos e na cidade Perth. Por que escolhi Perth? Clique aqui para saber.

Todos os dias recebo dezenas de perguntas e contato de famílias que estão querendo ou estão organizando fazer um intercâmbio para cá. Se sozinho já é complicado, em casal duplica a dificuldade e o custo. Agora imagina se tem filhos? Um medo paralisante que, com certeza, já fez muita gente desistir. E se não arrumar emprego e não conseguir sustentar meu filho? Se ele passar necessidade? Se gastar todo meu dinheiro? Nenhum pai quer pensar nessas questões tão sensíveis. Quando pensamos em mudar para Austrália é para ter mais qualidade de vida e possibilitar uma vida melhor para as crianças, não expor a necessidades.

Outras dúvidas: e escola? É de graça para estrangeiro? A cidade é boa? Para onde vou?

Vou tentar explicar um pouco como funcionam as coisas por aqui e responder algumas dessas perguntas.

Já escrevi sobre gravidez, maternidade, a vida com crianças, escolher childcare para criança e um pouco da minha experiência como mãe criando filhos longe da família. Antecipo que não é fácil, mas acredito que a qualidade de vida e oportunidades que a Austrália oferece fazem todo sacrifício valer a pena.

Bem, vamos lá. Visto de estudo para Austrália dá direito a trazer acompanhante e dependente. A maioria dos vistos só permite trabalhar 20 horas semanais. O bom é que estudante e acompanhante podem trabalhar aumentando a renda familiar.

Para ter o visto concedido, é necessário comprovar para imigração que você tem como se sustentar e sustentar sua família pelo tempo do visto. A conta que a imigração faz é ter essa quantia para um visto de 12 meses:

  • Student: AUD$19,830
  • Spouse or de-facto partner: AUD$6,940
  • Any dependant children: AUD$2,970

Isso significa que você precisar comprovar que tem essa quantia de quase $30mil na conta ou em bens, ou ter uma pessoa para ser suporte que tenha esse dinheiro na conta. Outro item obrigatório é seguro saúde para todos. Quer saber mais sobre gravidez na Austrália clique aqui.

É obrigatório criança maior de 5 anos frequentar escola. Antes dos 5 anos, as crianças podem ir para childcare. Para saber mais sobre childcare clique aqui. E para saber da vida com bebê na Austrália clique aqui.

Escolas públicas são de graça para Residentes Permanentes e para Cidadão Australiano. Portanto, se você é estrangeiro terá que pagar escola para seu filho. Custa em média $6mil semestral. Se seu filho não fala inglês, ele terá que ir para uma escola que tem suporte para crianças que não tem inglês como primeira língua para então frequentar as aulas em qualquer escola.

Sim, é bem caro. Mas criança pega muita rápido o inglês. Porém, em casos distintos, a criança pode ser equiparada a estudante doméstico e ter direito a escola pública gratuita. Esse link tem todos os detalhes, as regras e as exceções. Alguns pontos:

Em New South Wales onde fica Sydney não há desconto. Estudante internacional paga escola para seus filhos.

Em Queensland onde fica Brisbane e em Victoria onde fica Melbourne, algumas instituições e cursos oferecem desconto e as vezes até a equiparação com estudante doméstico.

Em Western Australia onde fica Perth, estudantes cursando MBA, Mestrado e Doutorado terão seus filhos equiparados a estudante doméstico, sendo assim, escola pública gratuita.

Sobre qual cidade morar? Escrevi um post comparando Melbourne, Sydney e Perth que são as cidades que eu conheço.

Sobre trabalho e salários, em hospitality se ganha em média $20/h. Complicado saber se você irá conseguir sustentar a sua família trabalhando meio período como garçom, pois depende do custo que terá. Conheço famílias que só um do casal trabalha e eles vivem bem. Não com grandes confortos, mas ai está a beleza da Austrália: a acessibilidade. Não importa seu trabalho, dá para viver. Sempre bom ter uma reserva de grana sim.

Todas essas informações são importantes na hora de escolher uma cidade, de fazer as contas e os planos como escolher o curso. Fazer inglês é mais barato que universidade, mas quando se coloca no papel os valores, talvez universidade que tenha convênio com o governo seja mais negócio. Pesquise com calma, faça planos A,B,C, D e F. E procure uma agência para te dar informação mais específica.

Uma coisa importante é que a comunidade de mães brasileiras na Austrália é maravilhosa. Temos grupo no facebook, grupo de mães que se encontram semanalmente. Também há muito apoio da Austrália aos pais. Grupo de mães, helpline, etc. Podemos não ter a nossa vila, mas temos as ferramentas para construir uma.

Boa sorte, see ya

 

Anúncios

5 comentários sobre “Austrália: vindo para Austrália com filhos? O que você precisa saber

  1. Queria fazer umas 30 perguntas. Mas vou tentar ser limitada. Tenho 2 pequeninos 2 e 4 anos. Sou bancaria e esposo funcionário público na enegnharia. Mas tenho um sonho proporcionar cultura, segurança e qualidade de vida para eles. E a única possibilidade de tentar visto permanente é igual a de todos impossivel.Mesmo meu esposo sendo engenheiro e tendo nota alta no Ielts. Não vejo nenhuma possibilidade de isso acontecer. Vc acha q ir como estudante os trabalhandi e horários distintos para poder ficar com as crianças, conseguimos não passar necessidades?
    Me de algumas dicas , tenho uma prima por aí, foi ela quem me indicou seu post.
    E adoramos ler seu blog , agradecida pela clareza e detalhes nas informações.

    Curtir

    1. Oi Nathália, tudo bem?
      Obrigada por acompanhar o blog :-).
      Olha, se vocês estão com dúvidas quanto a imigração, veja com um agente. as vezes os caminhos para o visto vem de onde nunca imaginamos. Dá uma olhada no meu post sobre a Residência Permanente para ver minha experiência.
      Tem como? Sim, tem. Eu não me sinto muito confortável em opiniar com certeza, pois não existe certeza nenhuma. A Austrália é cara, mas trabalhando como garçonete, por exemplo, você ganha uma média de $21/h e dá para viver. Mas isso depende muito do estilo de vida e dos gastos que vocês terão. Dá uma olhada no meu post sobre custo de vida na Austrália para ter mais ideia.
      Faz assim, veja meus outros posts e faça todas as perguntas que você tiver. Eu já escrevi sobre muitos dos assuntos que você tem dúvida e acredito que eles podem ajudar bastante.
      Boa sorte e obrigada
      Aline

      Curtir

  2. Olá muito boa suas explanações sobre o mercado e a vida aí em Perth, eu e minha esposa estamos tentando nos organizar para irmos morar ai, e como todos temos um milhão de dúvidas. Queria saber como seria e se é difícil a validação do diploma de engenheiro ou se como fico sabendo os cursos colleges ou técnicos que tem aí?

    Curtir

    1. Oi Cristiano, tudo bem?
      Que bom que o blog esta ajudando no planejamento de vocês.
      Da uma olhada nos meus outros posts. Tenho um sobre “validação de diploma”, e conto como foi reconhecer a qualificação do meu marido em engenharia química.
      Sobre cursos, você tem que pesquisar nos sites das universidades. Da uma olhada no meu post sobre universidades, e estudar em perth. Tem o site de todas as universidades da australia.
      Boa sorte,
      Aline

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s