Austrália: Estudar na Austrália

O visto de estudante é o número um aplicado por brasileiros vindo para Austrália. Nesse post, irei explorar um pouco quais as opções de estudos, os requerimentos e condições.

Existem diversas opções para estudar na Austrália e vários caminhos até a qualificação desejada. Quero lembrar que não sou agente de imigração, falarei brevemente dos vistos, mas aconselho a procura de um especialista pois os vistos mudam a cada 6 meses e existem muitas opções.

Foundation Programs: também conhecidos como preparatórios para Universidade, pois são exatamente isso, um meio para o fim (a universidade). São normalmente cursados para estudantes que não preenchem os requirimentos para ingressar na Universidade e / ou precisam focar no idioma. Após sua conclusão o certificado do curso é usado como documento para ingresso em outro curso (universitario no caso).

Se seu objetivo é conseguir um Diploma (que eh como um curso tecnico, um degrau abaixo do curso superior mas que te qualifica para trabalhar em varias posicoes), ou ingressar na Universidade, algumas instituiçoes oferecem um curso de inglês que servirá de Foundation Program para seu ingresso no curso desejado assim que a nota do inglês for obtida. Muitas vezes esse certificado substitui a prova do IELTS. Pra quem nao gosta do nervosismo de uma prova de ingles e quer apenas entrar no curso mas nao precisa do certificado do IELTS, eh uma boa opcao.

Cursos de inglês: certamente a opção mais selecionada. Para alguns estudantes é um caminho para outro curso (como uma universidade), e para outros esse é o grande objetivo do intercâmbio: melhorar o inglês. Não existe limite de quanto tempo você pode ficar estudando inglês. De uma semana até 2 anos, se quiser. Do nível básico até os cursos para dar aula de inglês. Os preços variam muito de escola para escola, mas custam em média AUD$300 por semana. Há desconto se fica mais tempo e as escolas mais conceituadas são mais caras.”You pay what you get” (voce recebe pelo que voce paga), como se diz em inglês. Cursos de inglês dão direito a visto para o acompanhante (marido/esposa/união estável).

Para ter direito de trabalhar legalmente, é necessário estudar no mínimo 14 semanas para ter direito a 20 horas semanais de trabalho, tanto para o estudante quanto para o marido/esposa.

Em geral, não há problema em conseguir o visto através de cursos de inglês se a pessoa tiver comprovação de renda (falarei mais adiante). Porém, vale sempre lembrar que quem concede o visto é a imigração e por mais que a sua documentação esteja certinha, as vezes você tem sim o visto negado.

Cursos de Formação (VET- Vocational Education and Training), Diplomas, Certificados:

São equivalente aos cursos técnicos ou equivalntes a cursos superiores voltados para atuação profissional, isso depende da cliassificação e duração. Oferecem créditos se o estudante após terminar o Diploma ingressar na Universidade (o que faz com que vc complete a Universidade mais rapido e pagando menos ja que voce elimina algumas das materias necessarias). As instituiçoes mais conhecidas sao os TAFE (“Technical and Further Education” – Educacao Tecnica e Alem, em traducao livre), que entre outros certificados, emitem os VETs (Vocational Educational Training). São oferecidos tanto pelos proprios TAFEs (uma especie de orgao particular ligado ao governo) mas tambem por instituições particulares e a variedade de cursos é imensa. Como requerimentos para os certificados, é necessário ter terminado o ensino médio e ter um certo nível de inglês a ser comprovado pelo certificado da Escola de inglês que cursou aqui (diversas escolas tem convênio com as técnicas, facilitando o ingresso) ou o IELTS (prova de proficiência).

Os VETS cursos oferecem oito qualificações:

QUALIFICAÇÃO DURAÇÃO
Certificate I 3 – 6 meses
Certificate II & III 6 – 12 meses
Certificate IV 1 ano
Diploma 1 – 2 anos
Advanced Diploma 2 – 2.5 anos

Requerimentos para ingresso:

  • ter completado equivalente ao ano 10-12 do sistema Australiano de ensino (ensino médio brasileiro)
  • Ter certificado do IELTS com nota 5.5 ou TOEFL nota 530-550.

Voce pode fazer qualquer um dos Certificate tendo so os requisitos acima. Para fazer o Diploma, é necessário o certificado do Certificate. Para o Advanced Diploma voce precisa do Diploma

Para ter direito a trabalhar e a visto para o parceiro, é necessário estudar pelo menos 14 semanas (assim como no curso de ingles). Com esses cursos não há problemas porque a maioria tem duração superior a esse período. A variedade aqui vai de cursos de marceneiro, pedreiro, enfermeiro a educador infantil, professor de ioga ou um inicial de contabilidade.

Os valores variam muito de curso para curso, mas em média, custam AUD$10mil por ano. As vezes a imigração pega um pouco no pé de quem vem para cá querendo fazer um curso totalmente diferente de sua área de atuação. Tem muita gente que quando decide viajar para Austrália, tem lá no fundinho o desejo de imigrar. Se esse desejo fica muito óbvio para imigração, seu visto pode ser negado. Eles pensam “porque você não cursa algo na sua área? E se quer mudar de área, porque não cursou no seu país de origem?”. Porém, se o estudante esta na Austrália e opta por um dos cursos ténicos, as chances de ter o visto aprovado são bem maiores.

Para pesquisar cursos e escolas: Study in PerthStudy in Melbourne Study in SydneyStudy in Brisbaine.

Universidade (Bacharel):

Para ingressar em uma universidade australiana é necessário, antes de tudo, ter inglês bom, que pode ser comprovado pela nota no IELTS ou, assim como nos técnicos, algumas universidades tem convênio com escolas de inglês, ou até aulas de inglês na própria instituição. Nesses casos, o certificado já é suficiente e voce consegue este certificado apos algumas semanas ou meses de aula, dependendo de seu nivel inicial e da velocidade com que aprende.

Se a sua formação de escola (ensino medio) foi completada fora da Austrália, é necessário o histórico escolar em português e uma copia traduzida juramentada.

Especializações:

MBA’s, cursos de especialização e afins.

No post sobre Universidades, dividi a experiência que tivemos para ingressar em um curso de MBA na área de óleo e gás que meu marido cursou.

Pesquisa: Mestrado e Doutorado

Escrevi um post bem completo sobre como é cursar um Mestrado ou Doutorado na Austrália.

Uma ressalva para cursos de MBA, Mestrado e Doutorado: algumas universidades tem convênio com o governo local. Sendo assim, se você tem filho, eles podem estudar de graça na escola pública da região. Para ter uma ideia, escola para criança estrangeira custa em média AUD$6mil o semestre. Escola só é pública para residentes ou cidadão australiano, ou para estas familias cujo pai ou mae se matricularam em uma destas universidades.

Requisitos e peculiaridades da imigracão:

  1. Comprovação de renda: 

Exigência da imigração que se tenha dinheiro para se sustentar no prazo do visto (comprovar que tem dinheiro para a viagem, curso e moradia). Para um ano, o valor esperado que você tenha é:

  • Estudante: AUD$19,830
  • Esposa/Marido/união estável: AUD$6,940 (acima dos $20 mil acima)
  • Filho: AUD$2,970 (para cada um)

Uma outra pergunta que sempre recebo é referente a imigrar para cá. Para saber qual profissão esta na lista de carência da Austrália, cheque o site da imigração, o melhor site para verificar os requisitos. A lista muda com certa frequencia, entao cheque no site se nada mudou, nao va so no que ouviu falar de alguem.

2. Permissão para trabalhar: durante um curso de ingles, tecnico ou universitario, o estudante e seu partner podem trabalhar 40 horas por quinzena (cada um), ou 20 horas semanais. Pode-se tambem trabalhar horas ilimitadas nas ferias escolares, o que ajuda a juntar uma grana. Para ter direito a trabalhar, o curso deve ter começado.

No caso de Mestrado o estudante pode trabalhar 20 horas por semana e o marido / esposa pode trabalhar horas ilimitadas, o que ajuda muito a pagar as contas, como se pode imaginar. O curso eh mais caro, mas a renda tambem). No caso de Doutorado, tanto o estudante quanto o partner podem trabalhar por horas ilimitadas (apesar de que um estudante de doutorado nao tem muita condicao de trabalhar tempo integral e ainda estudar para um doutorado).

3. Visto: em até 3 meses de estudo, o visto de turista dá conta do recado, mas nao se pode trabalhar com este visto. Para se ficar mais de três meses é necessário entrar com pedido de visto de estudante.

Prazo do visto: normalmente, o visto é concedido um mês antes de começar o curso e termina dois meses depois de seu término.

Para mais detalhes sobre vistos, verificar no site do VEVO

Cursos:

Quando for procurar um curso de interesse, além dos sites já recomendados, vale verificar o site do ELICOS.  English Language Intensive Courses for Overseas Students (ELICOS) é um setor do governo Australiano.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s