Austrália: o que trazer na mala?

Uma grande dificuldade quando nos mudamos para outro país é o que levar, principalmente quando não conhecemos o local para onde estamos indo. Sem conhecer o clima, os costumes e até pensar o que vai fazer, é complicado se preparar para o tempo de estadia.

Quando vim para cá não tinha a menor ideia do que trazer. Podia trazer duas malas de 32 quilos e tinha que usar muito bem cada grama, afinal, era o que eu teria pelos próximos anos. Primeira dificuldade que encontrei foi o clima. Não tinha noção do quanto calor e quanto frio faz. Mesmo procuras pela internet não sempre ajudam, porque você precisa levar em conta o quão calorento ou friorento você é. Vou tentar dar algumas sugestões básicas para que sua mala seja melhor que a minha.

Roupas

O verão é muito quente. Muito quente. Mesmo que você venha do Rio ou do Nordeste, ainda assim é muito quente. Semanas inteiras acima dos 40 todos os dias, com acima de 30 a noite. Pode trazer shorts, regatas, muitas havaianas. Para as meninas, tem brasileiras que vendem bikinis brasileiros, mas eu toda vez que vou para o Brasil trago mais. Nas lojas tem uns “pseudo brasileiros”, menores que os aussies. Calcinha, idem. Tenho a maior dificuldade de comprar calcinha aqui. Ou são de Vó ou fio dental. Recentemente achei uma loja que vende calcinha menor chamada “Brazilian” (há). Uma coisa a menos para trazer do Brasil.

Eu não sou mega fã da moda aqui, acho que elas se vestem bem mais ou menos. Sou uma pessoa bem básica, e eles usam muitas estampas juntas. Em geral, shorts aqui são muito curtos, elas adoram usar roupas bem curtas até mesmo para trabalhar (talvez porque é muito quente ou perto da praia).

Chapéu é outro acessório que se usa muito, tanto no verão quanto no inverno. Para criança é obrigatório nas escolas, por lei.

O inverno é bem úmido e chove quase todo dia, portanto roupas claras acabam sendo numa furada. Trouxe bota clara e nunca usei. Agora a minha amiga galocha…. foi e continua sendo minha parceira.

Sapatos eu acabo usando ou bota e tênis ou havaianas e rasteirinhas. Mesmo outono e primavera deixo minhas sapatilhas de lado. Uso muito no trabalho pois é obrigatório sapato fechado. E sem dúvida os sapatos do Brasil são bem melhores que daqui, mesmo os mais caros. Melissa é bem popular, tem loja aqui, mas toda vez que vou para o Brasil trago encomenda para minhas amigas estrangeiras, porque aqui é mais caro.

Uso muito casaquinho e blusa meia estação com a manga ¾. Trouxe todas que tinha deixado no Brasil na minha ultima visita (e deixei os sapatos claros). Roupa de linho nunca achei, mas as coisas de lã são em conta porque tem mais ovelha que gente na Austrália.

Perguntei para minhas amigas o que elas trariam. Minha amiga Nicole falou em cacharrel, que ela nunca achou por aqui. A Veri falou dos sapatos em geral, ela também prefere os brasileiros e mencionou as Melissas.

Protetor solar aqui é bem barato. Como o sol é muito forte, há subsidio do governo em protetor solar. Primeiro ano investi num Banana Boat e via todo mundo na praia com a marca do supermercado que é um pote gigante e custa $10. Só compro esse agora.

Trouxe alguns casacos bem pesados e usei muito pouco. Uso mais os que são de um tecido que é a prova de chuva e quentinho ao mesmo tempo.

IMG_5484
As nossas malas – Arquivo pessoal 

Remédios

Meninas, se vocês estão acostumas a tomar um tipo de anticoncepcional, traga. A possibilidade de encontrar o mesmo aqui é muito baixa.

Não existe Dipirona na Austrália, foi banida há muitos anos. Novalgina e neosaldina não tem aqui. Tem muitos equivalentes de paracetamol.

Traga tudo lacrado com a bula junto, mas não esqueça de declarar na alfândega se tiver remédio na mala. Eles vão abrir ou só passar no Raio X mas se não declarar e eles pegarem a multa é de $250. Mesmo que sejam só aspirinas, marque tem remédio sim, e diga o que é.

Objetos em geral

Panela de pressão tem para vender aqui. Tem a Tramontina, do Brasil, tem na Ikea e tem umas elétricas, que são tão boas quanto. Todo brasileiro precisa de uma panela de pressão :).

Uma coisa muito importante, especialmente para as meninas: a água da torneira aqui na Austrália é “dura”(heavy water), que significa que ela tem um alto teor de sais. Então os xampus do Brasil não funcionam muito bem aqui, não fazem quase espuma. Se vocês perceberem isto, comprem xampu australiano que resolve o problema. Aqui eles são feitos para a água daqui.

Forma de pudim, foi sugestão da minha amiga Mel. Uma leitora do blog, a Juliana Lopes trouxe panos de chão e varal.

Adaptadores de é importante ter, mas vende aqui os universais caso você esquecer. Uma coisa que trouxe e foi ótimo, foi uma régua com tomadas do Brasil. Um adaptador e uma régua foi suficiente por vários meses. Outra informação importante: a voltagem da Austrália é 220 volts. Dependo do que quiser trazer, veja se é bivolt ou 220. Meu marido precisou comprar um transformador para o Playstation americano dele.

Filmes que compramos no Brasil, os Blu Ray em geral são bloqueados pois não são da mesma região da Austrália e vice-versa. Mas DVD a região é a mesma, então funciona.

 

unnamed
Panela de pressão na Myer, loja local. Arquivo pessoal

Comida

Qualquer comida industralizada entra de boa na Austrália, desde que esteja fechada, mas não esqueça de declarar na alfândega. Dá pra trazer café fechado em vácuo, doces, etc. Mas não traga feijão, se acharem vc toma uma multa e jogam fora. Além do que se acha feijão aqui.

Aqui em Perth tem mercadinho com vários itens brasileiros: tem pão de queijo, guaraná, farinha láctea. Tem açogue especializado em corte de carne brasileira. Achamos picanha até no supermercado aqui. Café brasileiro também tem mas é mais caro que no Brasil. Mas no geral os cafés daqui são muito bons, só achar uma marca que agrade. Tem muita opção. A gente não usa, mas se você só gosta de café passado em filtro, traga o filtro. Aqui não tem.

Coisas que não achamos aqui: bolachas em geral (passatempo, traquinas, bono), Bis, capuccino instantâneo Três Corações (que eu amo), Sonho de Valsa, Ouro Branco, mate de chimarrão. Cachaça acha aqui também, mas é bem cara, mais até que whisky. Farofa pronta pra churrasco ou feijoada (como a da Yoki) não é barata também, então pode valer a pena trazer.

Vira e mexe tem brasileiros anunciando ter trazido comidinhas do Brasil. Só ficar de olho e estar disposto a pagar 10 dólares por uma caixa de bis.

Se tiverem dúvidas específicas podem mandar que eu respondo. Posso ter esquecido de algo. Arrumem as malas e boa viagem.

See ya 🙂

 

 

Anúncios

9 comentários sobre “Austrália: o que trazer na mala?

      1. Oi Aline, tudo bem ?

        Vamos às perguntas :

        1- produtos light’s, sem glúten e comidas saudáveis são bem mais caros que os normais ?
        2- café solúvel tem também marcas locais certo ?
        3- chocolates amargos , tipo aquelas barras da Lacta e Nestlé , normal aí ?
        4- roupa e sapato em geral é mais caro é difícil de encontrar as opções como no Brasil , certo ? Você inicialmente , levou quantos pares de sapatos ?
        5- no mercado existe aquelas sacos tipo “assa fácil ” da knor ?
        6- pão australiano existe ou não ? (Risos)

        Vou lembrar de outros pontos , e volto aqui !

        Beijos

        Curtir

      2. Oie, vamos lá:
        1. Fiz uma busca no site do mercado que mais vou sobre glúten free para você ter uma ideia
        https://shop.coles.com.au/online/SearchDisplay?pageSize=10&searchSource=Q&resultCatEntryType=2&pageView=&catalogId=10576&viewMode=m20&showResultsPage=true&beginIndex=0&langId=-1&storeId=10601&sType=SimpleSearch&searchTerm=gluten%20free
        Glúten feee são mais caros sim, mas comer saudável até que não. Se você comer os legumes e frutas da estação, acha mais barato. Tem os sacolões que vendem mais em conta também é frango é em conta.
        2 – tem nescafe nos mercados normais aqui e tem umas marcas locais. Da uma olhada no site do mercado (www.coles.com.au) e coloca shopping on-line e digita o produto para ter uma
        Ideia.
        3- tem sim, até lindt tem
        4- as roupas são diferentes do qe estamos acostumados no Brasil. Eu trouxe umas 3 havaianas, 3 sapatilhas e 2 botas (por aí)
        5- não sei
        6 – sim e é muito gostoso :-).
        Volte quando quiser e precisar
        Beijos

        Curtir

  1. Oi Aline,me perdoa por tantas perguntas, mas todos os dias,me lembro de algo….

    1- como funciona os planos de celular e internet
    2- ligações para o Brasil, qual a melhor maneira de fazer com custos baixos
    3- não lembro de ter lido post sobre como enviar o dinheiro do brasil para austrália
    4- com relação a trabalho, o trabalho é por hora, e o pagamento é diário, semanal, ou mensal como no brasil?

    Beijos

    Curtir

    1. Oi Alicia, imagina, pode mandar todas as dúvidas que tiver 🙂
      Planos de internet e como mandar dinheiro para cá serão objeto de posts pro blog. Tem muitas opções. Aguarde 🙂
      Ligação para o Brasil, eu uso sempre o skype, mas tem planos de telefone que inclui ligações imternacionais.
      Trabalho, pagamento, normalmente é quinzenal. Mas as contas também são então não é de todo ruim.
      Beijos

      Curtir

  2. G’day Mate! Que massa as dicas, parabéns pelo Blog muitoooooo útil, show! Em maio se Deus quiser e a embaixada liberar os vistos.kkk estarei embarcando com a minha esposa para Perth… Também somos de Jundiaí 🙂 Abs! See ya!

    Curtir

  3. Oi Aline! Você não sabe como me ajudou com o post! Como quase toda brasileira, tenho o cabelo tingido, então, minha dúvida é: se acha fácil tinta para cabelo (não as mais populares, as que vendem em salão, normalmente)? Esse tipo de serviço aí é caro ou é facil de achar? Muito obrigada!!

    Curtir

    1. Oi Cecília, que bom, fico muito feliz em ajudar :-). Tinta de farmácia tem as mesmas do Brasil. Logo que cheguei, meu cabebereiro me passou as cores de tinta da L’oreal e eu achei a mesma. Agora só faço luzes para esconder os brancos, e tem de tudo. Tem muito salão de brasileiros aqui, em média custa de $80-200. Eu faço em um salão perto de casa e corte custa $50 e luzes $70. Não é absurdo de caro.
      Isso em Perth, ne?
      Boa sorte,
      Abraços, Aline

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s