Austrália: trabalhar com criança

Como tenho recebido muitas perguntas em relação a trabalhar em Early Learning Centre, resolvi antecipar esse post.

Trabalhar com crianças para mim surgiu como uma opção para parar de trabalhar como garçonete. Só que uma coisa que eu nunca iria imaginar era me apaixonar pelo trabalho. O primeiro passo de quem está pensando em trabalhar com criança é pensar, repensar e pensar mais um tantão se você gosta mesmo de criança. O trabalho não é fácil, é muito puxado e emocionalmente exaustivo. Ser mãe não ajuda: é totalmente diferente.

IMG_4908

IMG_6315

O que é Early Learning centre?

Early Learning centre são escolinhas para crianças de 0 a 6 anos. Seria equivalente ao maternal ou jardim da infância no Brasil, aquela primeira escolinha antes de começar o primário.

Como funciona?

Na maioria dos centros as crianças são separadas em salas de acordo com a sua idade: sala dos bebês (de 0 a 2 anos), toddlers (de 2 a 3 anos) e kindy (de 3 a 6 anos). A quantidade de educadoras por sala varia de acordo com a legislação específica: Baby room, uma educadora para 4 bebês; toddlers, uma educadora para 5 crianças e kindy, uma educadora para 10 crianças. Não existe período fixo para a criança ficar. Os pais podem optar por deixar as crianças de 1 até 5 vezes por semana. No centro onde eu trabalho, não existe meio período. Os pais podem vir buscar na hora em que quiserem, mas paga-se pelo dia. O preço varia de 90 a 110 dólares australianos por dia, com refeições inclusas.

Cada childcare tem a sua filosofia e linha pedagógica e isso muda bastante a rotina de cada lugar. Onde eu trabalho a filosofia é Reggio Emilio: a criança aprende brincando e a educadora é vista como uma “pesquisadora”. O ambiente é o terceiro educador, ou seja, as educadoras fazem observações escritas diariamente sobre as crianças e organizam os ambientes de acordo com os interesses das crianças. As crianças são livres para escolher o que querem fazer, de acordo com as atividades que estão disponíveis. Clique aqui para saber mais a respeito dessa filosofia de trabalho pedagógico.

Quais os cargos?

Existem alguns tipos de cargo para quem quer trabalhar em early learning centre: assistente de sala, educadora qualificada, líder da sala, supervisora, coordenadora e diretora. Claro que tem os cargos de suporte: cozinheira, jardineiro, administração etc, mas esses não são diretamente relacionados à educação.

Cada cargo tem responsabilidades específicas:

Assistente de sala (Certificate III in Early childhood education and care) é, como o nome diz, assistente.

Educadora qualificada (Diploma em early childhood education and care) pode ser assistente também, mas por ter uma qualificação maior, sua responsabilidade perante a líder da sala é maior.

Líder da sala é a responsável pelo conteúdo pedagógico, pela programação de atividades, por arrumar os ambientes.

Supervisora, Coordenadora e Diretora são cargos administrativos e com mais responsabilidade. Uma supervisora tem que ter 2 anos de experiência como Líder; a coordenadora, 3 anos e a Diretora, 5 anos.

Early Childhood Teacher: Formada na Universidade, pode trabalhar em Childcare ou escola. As salas de kindy devem sempre ter uma professora, pelo menos. Requisitos legais. A qualificação aqui são 4-5 anos de Universidade, equiparado com pedagogia no Brasil.

Quais as qualificações necessárias?

Para ser assistente de sala é necessário fazer o curso Certificate III Early Childhood Education and Care. A duração é em média entre 6 meses a 1 ano e o custo varia muito entre as instituições.

Para o diploma em Early Childhood Education and Care é preciso fazer um curso com duração de 1 a 3 anos. Ou para quem faz Universidade para ser professora de primário, há uma matéria específica para estender para childcare. Existem diversas escolas que qualificam pessoas para early learning centre, por isso não indicarei uma específica. Educadora qualificada e lider da sala precisam cursar Diploma ou Universidade.

A escola que você faz, nã impacta em conseguir um emprego. O que importa é ter o certificado. Portanto, não se preocupe em estudar na escola mais cara, ou na que tem mais nome. Para ser professora em escola, a faculdade que você faz impacta. Aqui não.

E necessário tirar o Working With Children Check, uma espécie de antecedentes criminais. Alguns outros cursos são necessários como Primeiros Socorros, Asma e Choque Anáfilático. Como educadora, temos uma grande responsabilidade com as crianças e esses treinamentos visam isso.

Salário

Assistente de sala ganha em média 19 dólares australianos por hora se é part-time ou full-time, e 23 dólares australianos se for casual. Uma educadora qualificada recebe de 22 a 25 dólares australianos por hora. Há um aumento a cada ano de serviço. O governo tem um mínimo que se pode receber.

Como é o trabalho?

O trabalho é pesado, estressante e muito cansativo. Ano passado no Baby Room eram em média 20 fraldas por dia, choro de criança o dia todo. Pense em lidar com birra de 15 crianças por dia, em saber a rotina de 20 bebês, em lidar com os pais, em fazer um relatório para cada tombo. Hoje trabalho com toddlers e uma parte do trabalho é desfraldar criança e trocar mais um monte, além de educar e impor limites quando os pais são permissivos. Sem falar da limpeza: limpo banheiro todo dia, passo pano na sala, janelas e vidros, etc.

Na Austrália cada Early learning centre tem uma série de legislações a cumprir e uma parte imensa de conteúdo pedagógico a cumprir. Há observações, relatórios, fotos para preparar. É muito diferente do que sempre imaginei, não é simplesmente chegar lá e brincar com as crianças o dia inteiro. Tem-se mil responsabilidades, não só com as famílias mas com o governo, com a equipe e com a lei.

Ai você deve estar pensando: se tem todas essas responsabilidades e é tão estressante e complicado, por que você trabalha lá e adora?


Digital Camera

A minha experiência

O centre onde eu trabalho abriu ano passado. É um centro comunitário, ligado a uma igreja Batista. Quando fui contratada para meu atual trabalho, o centre não estava nem construído. Eu vi tudo acontecer, ajudei a montar os móveis e a dar uma carinha para a sala; conhecer as crianças uma a uma, receber os pais. Foi muito difícil começar do zero mas dá uma sensação imensa de pertencer ao lugar.

Ver as crianças crescerem, o relacionamento com os pais, ouvi-las dizendo “bom dia, beijos e tchau”; conhecer cada criança e a honestidade do relacionamento com cada um daqueles seres humanos incríveis com quem eu convivo todos os dias faz toda essa loucura que é meu trabalho valer tanto a pena. Eu amo cada criança e me sinto privilegiada em poder acompanhar o crescimento delas e fazer parte da educação de alguma forma. Cuido deles com o maior amor do mundo e respeito cada criança e sua individualidade. Um sorriso, um abraço deles me faz lembrar porque adoro tanto meu trabalho.

O carinho e relacionamento que tenho com os pais é incrível também. Me sinto muito querida, e vejo meu trabalho nas crianças. Cada projeto, cada palavra em português que eles falam, e cada abraço que eles me dão, faz tudo valer a pena. E agora, sendo mãe, acredito que serei uma educadora muito melhor.

Jä tinha afinidade com os pais, agora os entendo muito mais. Não vejo a hora de ver minha pequena suja de tinta e terra.

Que recomendações que eu tenho para quem pensa em trabalhar nessa área?

– Pense mais de 10 vezes antes de começar um curso porque é uma delícia, mas não é fácil;

– O trabalho não é brincar com as crianças;

– Lembre-se do tanto de limpeza que eu comentei que se tem de fazer;

– Pense também na quantidade de relatórios e documentação a fazer;

– Pesquise, fale com educadoras, vá a childcares;

– Lembre-se de que criança é honesta, então se ela diz que gosta de você, é verdade.

Poster childcare

Para os pais

Se você tem uma criança com menos de 5 anos e está vindo para Australia, colocar filho em um Early Learning centre é uma opção.

Quem é cidadão australiano ou residente permanente, tem ajuda do governo. Uma parte do valor pago de mensalidade, é extornado, dependendo da renda familiar.

Para estrangeiros, não. Não existe centro do governo de graca. E não custa barato. Mais um custo que tem que estar na conta ao embarcar aqui. A partir dos 5 anos, a criança, obrigatoriamente, deve or para escola. Dos 3 anos em diante, a escola já é uma opção, mas os dias e horários são bem complicados. Em geral, até os 6 anos, a criança vai para escola 3 dias na semana das 8:30 às 2.30. Por essa razão, muitas famílias optam pelos Early Learning centres, ou às vezes a criança fica 3 dias na escola e os outros 2 nos centres.

Par escolher um Early Learning centre, você pode optar por um próximo a sua residência, mas veja a filosofia também. Os primeiros anos da vida da criança são muito importantes para o seu desenvolvimento e podem influenciar sua vida acadêmica e pessoal. Escolha um local que você se sinta à vontade, que as educadoras tratam as crianças com respeito e tenham um bom relacionamento com os pais. Criança aprende por exemplo, observando os adultos.

Mais informação em como escolher um childcare: https://fuilogoali.com/2016/07/21/australia-como-escolher-um-childcare-centre/

Vale a pena pesquisar com calma e avaliar bem antes de se surpreender com os preços. E boa sorte.

Publicado em Brasileiras pelo Mundo e modificado para esse site

Anúncios

16 comentários sobre “Austrália: trabalhar com criança

    1. Oi Vivi,
      O Certificate III fiz na FTTA Australia. Eu Não precisa do visto por eles, enTão pude fazer online. A duração, pode ser de 6 meses a um ano, eu fiz em 6 meses. O legal é que assim que se matricula no curso, já pode achar trabalho.
      Indicações para referência. Eles ligam para saber se você é uma pessoa confiável. É referência, não indicação de emprego. Não precisa de indicação para emprego, mas acada acontecendo porque tem muita demanda. Alguém sabe de uma vaga, comenta com alguém etc.

      Imagina, obrigada por acompanhar. Se tiver mais dúvidas, pode mandar.
      Abs
      Aline

      Curtir

      1. Eu imaginei que o curso fosse um local onde se pudesse fazer contatos e facilitar a entrevista. Mas o seu foi online, então os relacionamentos que você foi construindo aí lhe levaram à vaga, certo? Mais uma vez obrigada!

        Curtir

      2. Oi Vivi:
        Ah, entendi….. é não. Eu queria muito ter feito face to face, mas não tinha turma na época e eu não quis esperar.
        O que me levou a meu primeiro trabalho foi o site seek.com.au. Eu apliquei online, fui chamada para uma entrevista, amei a dona do centre e fui trabalhar um dia como trial. Eu gostei, ela gostou de mim e voalá, estava empregada :-). Não conhecia ninguém na área, comecei do zero. E depois que você consegue o primeiro emprego, abrem as portas. COm certeza no curso você conhece bastante gente na área. É um ótimo começo.
        Imagina, tendo mais dúvidas, pode mandar.
        Obrigada por acompanhar o blog.
        Abraços
        Aline

        Curtir

  1. O único pre requisito é o eilts e o esse curso de 6 meses?
    Amo trabalhar com crianças, gostaria de chegar ai e já tentar algo pra contar como experiência. O que você recomendaria (pra quem tem inglês intermediário) como início de trabalho nessa área ai na australia?

    Curtir

    1. Oi Claudia, a maioria dos cursos Certificate você precisa do IELTS e ter terminado ensino médio. Só isso.

      Para conseguir trabalho nessa área você precisa ter o certificado, ou ter começado, o WWWC – Working With Children Check (espécie de antecedentes criminais). É isso.

      🙂

      Curtir

  2. Olá Aline,
    Aschei o seu blog através de uma pesquisa na internet sobre
    Escolas brasileiras na australia. A escola que você trabalha é um projeto de Brasileiros? Sou formada em pedagogia e já trabalhei com educação durante um tempo. Gosto muito de educação infantil e tenho interesse em voltar a trabalhar nessa área.

    Curtir

      1. Obrigada por ter me respondido. Moro no Japão e por aqui temos várias escolas brasileiras. Achei que era assim por aí! Aqui não é tão difícil abrir a própria escola, mas pelo que venho pesquisando na australia parece ser bem difícil essa parte. Eu também prefiro educação infantil, realmente é apaixonante. Muito gratificante receber um sorriso e um carinho de uma criança .

        Curtir

      2. Eu não sei como funciona abrir escola aqui, mas não deve ser simples não. Tem mil regras, leis, regulamentos, etc.
        talvez um agente de imigração consiga te ajudar melhor nesse quesito.
        Boa sorte 😉

        Curtir

  3. Aline, obrigada, eu AMEI sei post e ficará guardadinho aqui. Aqui no Brasil essa foi a profissão que escolhi e quando decidimos ir embora eu fiquei com um grande aperto no coração, mas agora estou mais tranquila porque mesmo culturas e leis totalmente diferentes criança é sempre criança e com elas eu ja aprendi a lisar e amar. Primeiro vou estudar o inglês para poder fazer a prova para o IELTS e depois seremos colegas de profissão com certeza…é muito bom ler experiências, melhor ainda quando a pessoa gosta de falar sobre o assunto detalhadamente com quem está apenas engatinhando….😘😘😘…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s